sábado, 11 de abril de 2009

Quando começa a Eternidade?

A pergunta mais apropriada seria "Quando a Eternidade começa a fazer sentido?"
Quero falar a partir do que tenho percebido na estrada.
Desde que me entendo por gente ouço e leio que "O Eterno" está para além do tempo, não tem (ou contém) início nem fim.
Muito difícil e complicado sair do campo das evidências dos sentidos. Dar asas à imaginação a partir do que somos, fomos, devemos ser e podemos ser é vitalizador.
Assim, num lapso de tempo, instante, momento, ou outro termo que se aplique à Eternidade, foi que o Eterno resolve criar a humanidade, conforme a sua imagem, segundo à sua semelhança. E viu o Eterno que era bom!
E mais uma vez, na busca de avançar no conhecimento do Eterno, tentava encaixar essas idéias de imagem e semelhança nas aulas de matemática, quando ouvia o professor falar em conjunto imagem, semelhança de triângulos e das funções f(x)=y. Lembro-me de uma vez que um dos meus professores interrompeu a aula e disse: "Planeta Terra chamando Wendel, câmbio". Aí vocês imaginam, né? A rizada foi geral! Eu e minhas solucionáticas, heim?!!!! heheheh!!
Mas há alguns dias atrás ouvia a Amelhinha cantando

"Foi Deus que fez você
Foi Deus que fez o amor
Fez nascer a eternidade
Num momento de carinho..."

Aí, voltei a pergunta que fiz no início e disse: a Eternidade começa a fazer sentido num momento de carinho. E qual teria sido esse momento de carinho? Quando o Eterno disse "façamos o homem". Quando a Palavra do Eterno se fez gente como a gente e armou sua barraca no nosso meio.
Eternidade, carinho, amor: palavras que se iter-relacionam e nos revelam o sentido do "eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" (Jo 10.10); do " faze isto e viverás" (Jo 10. 25-37); de "a vida eterna é esta" (Jo 17.3); e por aí vai...
Palavras que expressam bem que

"Foi Deus que fez a gente
Somente para amar
Só para amar".

Abração a tod@s!

10 comentários:

Wedla disse...

Muito legal o texto Wendel!

Gostei muito!

Um beijo no coração!

Deus te abençoe!

Márcio Cardoso disse...

cara, que lembrança boa esta música! Mais uma para o meu repertório!
Você tem razão: por definição a eternidade não tem começo; a eternidade é vivenciada. Ela não é um tempo sem fim, mas um instante (mesmo o mais curto) intenso: à mesa com um amigo, o se encantar com a natureza, um flash de uma memória gostosa, o abraço da amante, a oração silente... Enfim, tudo aquilo que tem a ver com o carinho!
A Vida Eterna está entre nós, desde agora, desde o carinho...
Parabéns, Wendell, pelo texto! Abração

bequinha disse...

Falou tudo wendel!!!

anso rodrigues disse...

Então seja comigo amigo e sempre estaremos!!
Massa...

Leny Brito disse...

Olá Wendel, ótima percepção sobre a eternidade! E pensar que nós, humanos, vivemos a eternidade no nosso dia a dia, presente... Não é a toa que devemos viver o presente com intensidade de vida, não? rsrs...
Ah, e vc tirou essa música do fundo do baú!! Boa memória rsrs
Abraços

Delson disse...

Começa com um belo "bom dia", todos os dias.

Massa!

Vera disse...

Amei!Muito lindo.Aos olhos do Pai, você é uma obra prima,que Deus planejou, com suas próprias mãos........Que Deus te abençoe abundantemente com um coração cheio desse Amor!

Jansen disse...

A eternidade será efemeridade se não for percebida. A vida é uma questão de percepção, de experimentação, de sonhos e de significados. Belo texto. Parabéns!

D.Cosmo disse...

vamos desfrutar da eternidade quando der!
vai fazer oq fds? hehe!xd
grande abraço

massa o texto!

Ceci disse...

Wendel...
a musica, os textos, enfim, tudo ta muito de coração, de sentimento, a cada dia vemos tantas coisas mudando...só uma coisa não pode mudar nunca, esse sentimento de familia,de saudade das coisas boas e fortes !!! Adorei e Esse nome EMAUS... esse caminho... é lindoooo PARABÉNS !!!
Antecipe-se ! Alcanse objetivos... MOVA-SE !