sábado, 18 de outubro de 2008

Como água fria do pote


Faz três meses que me lancei num novo desafio profissional.
Diferente de tudo o que eu já fiz até agora, meu trabalho tem exigido muito de mim: energia, concentração, renúncia... e por aí vai.
Num desses dias a pressão foi grande. Não fosse a convicção da potencialidade do aprendizado e do crescimento profissional teria jogado a toalha.
E o que me ajudou a perceber que deveria encarar de frente as situações futuras de pressão? Deixa eu dizer...
Foi justamente no dia que sai da sala da minha chefe, depois de ouvir uma chamada por ter cometido um erro na execução de uma ordem. Atordoado com a situação, disse: "Ah! Como seria bom um banho com a água fria do pote da casa da minha avó"! Explico.
De vez em quando, quando estava muito quente, dava um jeito de passar lá e tomar um banho refrescante e revitalizador. E toda vez que saía do banho, minha avó dizia: "Água boa, né"?
Naquela hora, ao sair da sala, ouvi uma canção que tocava no meu computador:

"Não vê que estou contigo,
homem de pouca fé, no mesmo barco a dormir.
Deixa a onda açoitar.
Entrega tudo a mim.
Aquieta o coração
e verás que sou Deus".

Senti a mesma sensação de ter tomado um banho com a água fria do pote da casa da minha avó!
No fundo, no fundo, já demarquei o campo até onde devo ir. Já sei até onde o elástico pode ser esticado sem que perca a eslasticidade.
Abração a tod@s!

3 comentários:

Filipe disse...

Nada melhor que um "banho de bacia" pra uma alma sufocada pelo calor das pressões que vem por todos os lados, né cara?

Ainda mais ouvir um "eu estou contigo"...

Queria dizer que apesar da distância, não é só Ele!

abraço chefe!

ansof7 disse...

Sim Wendel! qual o endereço da tua avó?
Sempre é bom ler os desafios dessa estrada viu!

Jackie Kauffman disse...

Alcançar alvos, estabelecer metas e segui-las é também uma forma de sair do nosso mundinho e entrar em outros mundos, para aprender, para ouvir e ver outros horizontes (Foi mais ou menos isso que Rubem Alves falou). E isso nos tira do conforto e da acomodação. Vai em frente!